3 dicas de ouro para atuar como advogado corporativo

Tempo de leitura: 1 minuto

Rodolfo Ciciliato, um dos advogados que apresenta a coluna Direito e Inovação do Advise Play compartilhou dicas importantes para quem quer atuar ou já atua na área do direito corporativo. “Não podemos nos tornar custos para a empresa, mas sim um investimento, aumentando a segurança jurídica do empresário e contribuindo para a diminuição de custos desnecessários dentro da empresa”, aconselha. Confira abaixo um resumo das 3 dicas de ouro deixadas por Ciciliato! O material também está disponível em vídeo no canal da Advise no Youtube.

  1. Conheça o negócio do seu cliente. É necessário que o advogado se engaje com o negócio do cliente e realize visitas constantes às empresas que atende. Nessas visitas é interessante se envolver com os departamentos da empresa, conversar com o comercial, compras, com o RH, com o financeiro, por exemplo, para sentir o clima organizacional e se inteirar dos assuntos que podem ser pertinentes para a atuação jurídica.
  2. Pense como empresário.  O timing do empresário é muitas vezes imediato, por isso, compreenda a celeridade que algumas consultas precisam ter para atender melhor seu cliente. Pense sempre no impacto das decisões jurídicas dentro da operação da empresa. Advogados não podem engessar os processos, mas devem ser facilitadores que auxiliam o cliente de forma mais eficaz.
  3. Adquirida novas competências de outras áreas que são inerentes a todas as empresas. Vá além das demandas jurídicas dentro da empresa e não se contente em conhecer apenas as demandas judiciais. Conhecimento na área financeira, contábil, de planejamento estratégico são fundamentais para aumentar sua relevância e participação dentro da empresa.

Se quiser conferir na íntegra as dicas do Ciciliato, assista o vídeo:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *