Redes sociais para escritórios de advocacia: qual o momento certo para começar?

Tempo de leitura: 2 minutos

Redes sociais para escritórios de advocacia: qual o momento certo para começar?

Quanto horas por dia você fica conectado em suas redes sociais favoritas? Se você nunca fez essa conta, preste atenção nessas informações! Os brasileiros são líderes no tempo gasto nas redes sociais. A média nacional é 60% maior que a média mundial e já são 85,9 milhões de usuários de mídias sociais no Brasil, sendo que 1 a cada 4 minutos gastos na internet são dedicados às redes sociais, segundo dados da pesquisa “O Brasil Digital do Futuro”, divulgada pela consultoria comScore.

O famoso ditado “quem não é visto não é lembrado” já se adapta muito bem ao meio digital e cada vez mais fica evidente a necessidade de se investir em comunicação nas principais redes sociais, independentemente se o seu escritório é de pequeno, médio ou grande porte.

O que é bem importante ressaltar, contudo, é que criar uma conta da sua empresa no Facebook, no Instagram ou no Linkedin, por exemplo, não é o suficiente para demarcar seu território no ambiente online. Se não houver alimentação frequente dos seus canais de comunicação, você pode acabar passando uma imagem ruim, de descrédito e criar o efeito oposto do pretendido. Por isso, vale a ressalva! É necessário investir sim em mídias sociais, mas não inicie este trabalho se não tiver condição de levá-lo adiante.

Planejando seu conteúdo

Falta de tempo possivelmente é um dos maiores percalços para profissionais de todas as áreas, por isso, trace um plano de publicação que não o sobrecarregue se não for possível solicitar esta tarefa a uma outra pessoa de sua equipe. Pense em algo que você consiga parar para desenvolver uma vez por semana, ou se possível, uma vez por mês. Dessa forma, essa nova tarefa não será um peso para você. Dois ou três posts por semana é um bom começo!

Se a dúvida é sobre o tipo de conteúdo você deve começar a publicar, acesse este outro texto que fizemos sobre a linguagem mais apropriada para escritórios de advocacia nas redes sociais “Marketing Jurídico nas redes sociais: a linguagem adequada“.

Se ainda havia receio sobre o atual momento do seu escritório para iniciar uma comunicação efetiva com seus clientes e potenciais clientes no ambiente online, agora você já tem motivos de sobra para começar a desenvolver seu conteúdo e alavancar o nome do seu negócio nas redes sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *