Legal Hackers chega à cidade sede da Advise

Tempo de leitura: 1 minuto

Ideias inovadoras nascem, normalmente, em meio a um ecossistema forte. É o caso de soluções originadas do mundialmente famoso Vale do Silício e de cidades como Londres, Nova York, Tel Aviv e Pequim. No Brasil, São Paulo e Florianópolis lideram em números de startups e em relação a ecossistemas maduros. Por acreditar que é preciso fortalecer as relações dos atores e fomentar um cenário propício à inovação é que a Advise, cada vez mais, se aproxima de grupos que trabalham por uma nova realidade.

É por isso que em 20 de agosto de 2018, na abertura do evento ALLS – Advise Legal/Law Sprint, a Advise abriu espaço para o lançamento do capítulo londrinense do Legal Hackers. A presença do movimento na cidade sede da empresa de software reforça a necessidade de se discutir, conectar e trabalhar por um novo cenário de tecnologia jurídica.

O Legal Hackers

O Legal Hackers é um movimento global sobre Direito e Tecnologia, que nasceu em 2012, na Brooklyn Law School, por iniciativa de alunos e professores da universidade norte-americana. No LH, pessoas de diferentes formações acadêmicas e profissionais – como juristas, empresários, especialistas na área da tecnologia e comunicação, por exemplo – estão reunidas em várias cidades do mundo para discutir os temas e implementar soluções tecnológicas na área jurídica. Atualmente o Legal Hackers está presente em mais de 75 cidades, de seis continentes.

Em Londrina

Na cidade sede da Advise, o comitê executivo do Legal Hackers é formado pelos advogados Douglas Guergolette Alfieri, Eduardo Jabur e Rafaello Sapia Pedalino. No entanto, os membros lembram que todos os interessados em desenvolver o Direito e tecnologia são aptos a colaborar com o movimento. Para popularizar as ações do LH, eventos ao longo do ano serão promovidos periodicamente com parcerias locais, como a Advise.

“Lembramos que tudo o que é promovido pelo Legal Hackers é completamente gratuito. Nosso objetivo é desenvolver o ecossistema locais nos mais variados níveis”, pontua Alfieri.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *