Que tal conferir a tabela OAB 2021 para honorários advocatícios em todos os estados do Brasil e dicas de como realizar cobranças?

Todos os anos a OAB atualiza a tabela de honorários advocatícios para estabelecer um valor justo de remuneração de acordo com o serviço prestado pelo advogado.

E também para evitar que haja uma espécie de “guerra de preços” entre profissionais de direito, ou seja, que um cobre um valor muito inferior ao outro para captar o cliente.

Além de proteger os advogados, a tabela de honorários advocatícios serve de referência para muitos profissionais iniciantes que ainda não sabem quanto cobrar pelos seus serviços.

Em resumo, essa tabela que engloba honorários de sucumbência, contratos e outros serviços define um teto mínimo de valores de serviço.

Esse limite pode variar um pouco de estado para estado, uma vez que cada um pode ter o seu próprio teto de acordo com as características e com o mercado da região de cobrança.

Isso ajuda a preservar a razoabilidade no valor da remuneração do advogado em relação aos serviços prestados por este profissional.

Para te ajudar a saber os novos valores, separamos aqui para você a tabela atualizada de cada estado. Encontre a sua região e clique no link para ver:

Dicas de como cobrar honorários advocatícios no seu escritório

Cobrar de maneira eficiente os honorários advocatícios pode ser um verdadeiro desafio para muitos advogados, principalmente para os que estão iniciando agora.

Profissionalizar a cobrança permite que você seja mais produtivo, economize tempo e facilite a gestão financeira do seu escritório.

Vamos as dicas de como cobrar os honorários advocatícios por:

  • Honorários contratuais;
  • Honorários arbitrados;
  • Honorários sucumbenciais;
  • Honorários assistenciais;
  • Elaboração de contratos;
  • E outros serviços.

Antes de continuarmos, é importante ressaltar que vamos dar dicas de como cobrar os seus honorários advocatícios e não do quanto cobrar por cada serviço.

#1 Não adote os valores dos honorários advocatícios estabelecidos pela tabela da OAB

A tabela de preços fornecida pela OAB é uma excelente referência para definir os seus honorários advocatícios, mas apenas isso.

Você deve usá-la como base e considerar para estabelecer o seu valor de serviço condições específicas como:

  • Preço médio cobrado pela concorrência;
  • Despesas do escritório;
  • Complexidade da causa;
  • Riscos da ação;
  • Margem de segurança caso o cliente desista;
  • Condições do cliente.

#2 Conheça os custos do seu escritório

Como falado na primeira dica, os custos que você tem com o seu escritório influenciam diretamente o quanto você vai cobrar do seu cliente em cada serviço.

Mas se você não sabe quais são os custos você pode cobrar menos do que precisa e ter sérios prejuízos ao definir os seus honorários advocatícios.

Essa etapa é importante não só para cobrar corretamente os seus honorários, mas também para ter um bom controle financeiro do seu negócio.

Um software jurídico como o Advise Hub, pode te ajudar a entender e calcular esses custos.

#3 Especifique todos os serviços na fatura

Seja no ramo do Direito ou em qualquer outra área, é essencial ser transparente com o seu cliente. Além de melhorar o relacionamento, ela é a chave para evitar discussões sobre qualquer assunto.

Por isso, na hora de montar a fatura dos seus honorários advocatícios, especifique todos os serviços que foram feitos, quantas horas você investiu em cada tarefa e o valor de cada item.

Isso vai ser fundamental para não deixar margem para nenhuma dúvida e o cliente entender o valor, não apenas da sua precificação, mas principalmente do seu trabalho.

#4 Envie a fatura no prazo combinado

Muitos dos serviços realizados pelos advogados possuem um valor alto tanto para o profissional que vai receber, quanto para o cliente que precisa se organizar para pagar.

Justamente por isso, é importante combinar datas de pagamento e enviar as faturas no dia acordado para evitar qualquer conflito com o cliente.

Entenda como um sistema para advogados pode facilitar sua gestão de processos.

Como manter a gestão do seu escritório de advocacia em dia

Além de definir os valores dos seus honorários advocatícios, um profissional da área deve estar bem atento à gestão do seu escritório. Por isso, separamos a seguir algumas dicas sobre esse tema.

Esteja por dentro de tudo o que acontece

Entender o que acontece no dia a dia, como está a previsão de entrada e saída de dinheiro, captação dos clientes, ações, prazos, taxa de produtividade da equipe e outros fatores importantes fazem toda a diferença na sua gestão.

Mais importante ainda é ter essa visão de maneira clara para que você possa otimizar processos e se antecipar a tomadas de decisões.

O software jurídico da Advise pode te ajudar a manter esse controle em dia e otimizar o acompanhamento de tarefas e prazos de onde você estiver.

Automatize o seu fluxo de caixa

Se você ainda utiliza planilhas sabe que as chances de acontecer algum erro ou de esquecer de anotar alguma entrada ou saída são grandes. Sem contar o fato de que as planilhas podem ser corrompidas ou até perdidas.

Um software jurídico que conta com soluções de fluxo de caixa é uma excelente alternativa para você ter mais segurança ao organizar o financeiro do seu escritório.

Você pode fazer o acompanhamento diariamente, mensalmente ou até semestralmente com muito mais facilidade, em um único local e com acesso fácil e rápido a todos os dados que você precisa.

Exemplo de alguns dados que você pode obter:

  • Valores a receber;
  • Pagamentos atrasados;
  • Total de despesas;
  • Total de faturamento cobrar pagamentos atrasados dos clientes.

O que você achou do nosso artigo sobre a atualização de honorários advocatícios e as dicas sobre como cobrá-los? Te ajudou a esclarecer todas as suas dúvidas e melhorar a forma como você presta contas aos seus clientes? Conte para nós nos comentários!

Se você quer ficar por dentro das informações como essas sobre honorários advocatícios e tudo o que acontece no mundo do Direito em primeira mão para se destacar da concorrência, assine agora mesmo a nossa newsletter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *