6 passos para escolher um software jurídico para seu escritório

Tempo de leitura: 3 minutos

Escolher um software jurídico para seu escritório é um investimento. Portanto, é uma decisão que demanda tempo e análise crítica. A principal facilidade deste tipo de software é gerenciar de forma mais efetiva atividades corriqueiras da prática do Direito, como a gestão de prazos e compromissos ligados aos andamentos dos processos. São as diversas funcionalidades do software que otimizam e melhoram a produtividade do escritório ou departamento jurídico.

Hoje existe uma vasta opção de softwares. Pode parecer complicado escolher qual é o melhor para o seu escritório. Pensando nisso, separamos seis passos para você realizar antes de escolher a solução eficaz para o seu dia a dia.

#1 Liste suas atividades

Faça uma lista com as atividades que mais demandam tempo. As mais burocráticas e as mais repetitivas. A partir dessa listagem será possível observar o que pode ser automatizado. Uma dica: tudo o que for repetitivo e recorrente, possivelmente, poderá ser automatizado.

Aproveite e observe também quanto tempo é gasto para cumprir cada tarefa, assim na hora de comparar com cada software será mais fácil compreender qual será a melhor escolha.

#2 Crie uma tabela

Colocar os dados de forma clara e de modo visual ajuda na tomada de decisão. Os planos e benefícios dos softwares jurídicos não são iguais de uma empresa para outra. Os valores cobrados para o uso de cada software também não.

Criar uma tabela ou uma planilha que contenha o nome da empresa, o nome do produto, a solução que ela oferece, a variação de benefícios que cada plano e o valor correspondente são bons passos na hora da comparação.

#3 Liste o que é imprescindível ter no software

Os softwares têm inúmeras funcionalidades, mas, nem sempre, todas atendem às suas necessidades. Por isso, liste as funcionalidades que são importantes para você. Se é a agenda, controle de prazos e alertas no email são itens fundamentais para o seu software jurídico.

#4 Pesquise referências

Conhecer um pouco mais sobre a empresa que desenvolve o software e ouvir feedbacks das pessoas que já utilizam o produto é outro ponto importante de se ter em mente ao escolher a sua solução ideal.

Conferir se há uma central de ajuda e se a implantação do sistema é descomplicada, se o contato com a empresa é simples e, principalmente, se a utilização do software em si é acessível. Opiniões de outros usuários são sempre diferenciais.   

#5 Software disponível também em aplicativo

Ter acesso às suas publicações na palma da mão otimizará muito o seu tempo. Ter acesso às suas publicações de qualquer lugar irá melhorar, não só a rotina do seu escritório, como a sua como advogado também. Outra facilidade nas palmas das mãos é o acesso a um excelente banco de jurisprudência, que poderá ser utilizado como fonte de estudo e informação a qualquer hora e a qualquer lugar.

#6 Teste o software

Poder testar o software jurídico é algo a se levar em consideração quando estiver fazendo a pesquisa. Esta possibilidade é importante para entender como a ferramenta se adapta à sua realidade e como a rotina do seu escritório pode ser otimizada. Isso tudo facilitará a sua decisão de compra.

Aproveite e conheça as funcionalidades que o Sistema Advise tem a oferecer para ajudar a rotina jurídica de seu escritório e teste por sete dias grátis clicando aqui!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *