hotel urbano groupon

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) condenou o Hotel Urbano por concorrência desleal em relação ao e-commerce Groupon. A decisão da 22ª Câmara Cível determinou que a agência de viagens online deverá pagar R$ 50 mil ao Goupon por danos morais. De acordo com o entendimento judicial, o Hotel Urbano teria utilizado ferramentas oferecidas por sites de buscas para direcionar de forma errônea para sua página resultados relacionados a hotéis e viagens. Ao criar um link falso, que unia as palavras GrouponContinue lendo

Continue lendo

Assunto cada vez mais recorrente em discussões nos tribunais brasileiros, o direito à felicidade extrapola consultórios de psiquiatras e psicólogos. A ex-desembargadora do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) e vice-presidente nacional do Instituto Brasileiro do Direito da Família, Maria Berenice Dias, defende que o direito à felicidade é um direito fundamental de todos os cidadãos. “É um sonho sonhado por todos. Não existe nenhuma pessoa no mundo que não almeje, procure ou sonhe com a felicidade”. Para ela, oferecer condições paraContinue lendo

Continue lendo

Uma dúvida frequente para quem ingressa na advocacia, sobretudo para os recém-formados, é se estrategicamente é viável possuir especialização em mais de uma área do Direito.

Essa pergunta tem muito a ver com a autoridade que você quer transmitir para o seu público alvo e sobre este assunto vale lembrar que a autoridade está na cabeça do nosso interlocutor, não na nossa.

Por isso, caso haja atuação em outras áreas, é importante se atentar ao fato de que a área de atuação que você pretende se especializar deve ter algum tipo de conexão com aquela que você já atua.

Se você vai prestar este novo serviço para o mesmo público, ou seja, o mesmo nicho de atuação com qual o seu escritório já é identificado, melhor ainda, porque nesse grupo está quem já é cliente e quem passará a ser cliente.

Você proporcionará dali em diante, a partir desta nova especialidade, um portfólio

Continue lendo